sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Nutricionista ensina como deve ser alimentação nestes dias de calor intenso.

 

Nas últimas semanas o calor intenso tem assustado e a tendência é que o calor volte com força e deve bater recordes nos meses de dezembro e janeiro.
Quando o tempo está quente, nosso corpo pede alimentos mais leves. É um processo natural que não depende da nossa vontade, mas que tem explicações químicas e biológicas.
Para saber mais deste assunto, a nutricionista Eliséia Fabiana de Carvalho explicou o que é preciso ingerir nesta época do ano para manter a saúde, e por que nós preferimos os alimentos leves.

 


Quais alimentos devem ser prioridade com este calor?
As frutas, verduras e legumes, pois são ricos em sais minerais, que perdemos através da transpiração, e em vitaminas antioxidantes, como as vitaminas C e E que auxiliam no combate aos radicais livres minimizando os efeitos nocivos do sol sobre a pele, por exemplo, prevenindo o envelhecimento. A recomendação é de pelo menos três a cinco porções de frutas e de 4 a 5 porções de verduras e legumes, diariamente.
Mas o ideal é consumi-los crus ou cozidos, “ao dente”, para não perder as fibras que aumentam a saciedade, ajudando no controle do peso, melhora o funcionamento do intestino, auxiliam no controle do colesterol, glicose e previne o aparecimento de alguns tipos de cânceres.


E o que não se deve ingerir ou o que se deve evitar quando as temperaturas estão muito altas?
Devem ser evitados os alimentos ricos em gorduras, como feijoadas e frituras. Estes alimentos além de contribuírem para elevação do colesterol sanguíneo, tem uma digestão mais difícil, causando desconforto (empachamento), o que reduz o seu rendimento para as atividades do dia a dia.


Quais alimentos ajudam a hidratar o corpo com este tempo que esta fazendo?
O ideal é aumentar a ingestão de água para pelo menos 2 litros por dia. Se a pessoa tem dificuldade em tomar água, ela pode optar por sucos naturais sem açúcar e água de coco. Além disso, pode consumir frutas que tenham mais água, como laranja, melancia e abacaxi. Mas cuidado se você é diabético, pois apesar de saudável, estes alimentos contêm açúcar (frutose) que aumenta a glicose, por isso, consuma com moderação.


A água de coco é um bom aliado para se manter hidratado?
Sim, pois ele é rico em sais minerais, como sódio e potássio que perdemos através do suor. Também é interessante utilizá-la durante e após atividade física, para evitar a desidratação que reduz o rendimento e aumenta a fadiga muscular.


Com o calor, muitos não dispensam aquela cervejinha. A princípio, ela pode até refrescar, mas e depois? A bebida alcoólica deve ser evitada no calor?
Apesar de a cerveja conter água e sais minerais, tem efeito diurético, ou seja, após consumi-la você vai urinar mais vezes, então acaba aumentando a desidratação do organismo. Mas se você não quer abrir mão de consumi-la, use com moderação, e para cada copo de cerveja ingerida, tome um de água, assim você vai se hidratar, evitando os efeitos da ressaca e vai beber menos, ingerindo menos calorias.


Sorvetes e picolés? Podem ser consumidos à vontade?
Não. O sorvete é rico em gorduras hidrogenadas, que aparece nos rótulos como gordura vegetal, que aumentam o colesterol e o risco de doenças cardiovasculares, portanto, não deve ser consumido diariamente, o ideal seria consumi-los no máximo uma vez por semana. Uma boa dica e congelar as frutas e depois bater com iogurte natural, fica uma delícia, é nutritivo e menos calórico.
O picolé de frutas é uma alternativa mais saudável para se refrescar, mas procure marcas que tenham controle de qualidade, pois também podem ser veículos de doenças, quando fabricados de forma inadequada.


Quais outros cuidados com a alimentação devem ser tomados para evitar desidratação?
Evite ingerir alimentos preparados com maionese e molhos, pois aumentam o risco de intoxicações alimentares. Quando for consumir um alimento que tenha como ingrediente a maionese, deixe para misturá-la no momento de servir e descarte o que sobrou. Se for comer em restaurantes, observe como os alimentos estão sendo expostos, os alimentos devem ser servidos na temperatura ideal, ou seja, os quentes devem estar quentes e os frios, devem realmente estar frios, além disso, devem ter proteção para evitar contaminação por insetos e por erros de manipulação (pessoas conversando sobre a comida, cabelos, dentre outros).


Quais alimentos que têm maior quantidade de água e que devem ser incluídos no cardápio?
A água com certeza é a melhor opção para reidratar, procure tomar no mínimo os 2 litros de água distribuídos ao longo do dia.
E para contribuir com a hidratação utilize frutas, como laranja, melancia, abacaxi, água de coco e hortaliças, como alface, chuchu, pepino, dentre outros.


fonte: http://www.diariodecaratinga.com.br/?p=2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário