quarta-feira, 21 de outubro de 2015

06 cuidados que você deve ter ao usar o WhatsApp!




“Me adiciona no whats?”. Se você tem smartphone, provavelmente já ouviu essa frase. O aplicativo de troca de mensagens de texto, imagem e voz tornou-se um dos mais populares do planeta.
Dados divulgados recentemente pela companhia mostram que o aplicativo tem 430 milhões de usuários no mundo todo. O número representa um aumento de 30 milhões desde os últimos dados revelados, em dezembro de 2013.
Os benefícios do WhatsApp são muitos, mas também existem vários cuidados que precisam ser tomados por quem usa o programa.
Como a troca de mensagens é geralmente muito pessoal, ninguém quer um bisbilhoteiro investigando o que foi escrito ali, e muito menos que esses dados caiam nas mãos de um criminoso virtual. Veja o que é possível fazer para evitar problemas.
Apague as suas conversas
Uma das melhores proteções para quem usa o WhatsApp é não transformá-lo em um arquivo da sua vida. Com o tempo, as mensagens se acumulam e viram um prato cheio para curiosos ou pessoas mal-intencionadas. Um jeito bom – e um tanto radical – de evitar que caiam em mãos erradas é apagá-las regularmente.
Por que você acha que o Snapchat já caiu no gosto dos americanos, e vem conquistando espaço no mercado brasileiro? Justamente pelo fato de o aplicativo sumir com as imagens trocadas após dez segundos. Quem viu, viu. Quem não viu, não vê mais.
Bloqueie o smartphone
Outra proteção bastante eficaz contra curiosos é muito simples de se fazer. Basta colocar uma senha de acesso ao smartphone, que pode ser numérica, por reconhecimento de padrão ou biométrica. As opções variam de acordo com o modelo do aparelho.
Cuidado com os grupos
Grupos de mensagens coletivas são um perigo. Como há várias pessoas, pode ter aquele “engraçadinho” que compartilha fotos e vídeos ilegalmente. Lembre-se de que as mensagens podem ser investigadas, se houver um processo judicial. E também pondere antes de escrever ou enviar algo neste grupo, pois há a chance daquele “engraçadinho” encaminhar mensagens suas para outras pessoas. E isto pode causar uma grande dor de cabeça. Desde brigas com namorados até, em casos mais graves, processos criminais.
Não receba arquivos desconhecidos
Recentemente, estava circulando um malware pelo app que anunciava ao usuário que ele tinha uma nova mensagem de voz, e ao clicar no play, a pessoa baixava o arquivo infectado para o smartphone.
Por isto, antes de fazer download de arquivos, verifique se o remetente é conhecido. E fique atento, pois as mensagens de voz aparecem automaticamente após apertar o play. Não há necessidade de clicar em link nenhum para ouvi-las.
E não responda para números desconhecidos. Este também é outro tipo de golpe, no qual o criminoso te manda uma mensagem, e qualquer retorno seu já serve para ele te prejudicar. Ah! Um antivírus, nestes casos, irá ajudá-lo bastante.
Evite Wi-Fi público
Redes públicas de acesso Wi-Fi são perigosas não apenas para quem usa WhatsApp, mas para qualquer tipo de aplicativo que transmita dados pela web. Como a senha é compartilhada, pessoas podem espionar o tráfego. E numa destas, algum desconhecido pode ter acesso às suas conversas.
Certifique-se de que está falando com a pessoa certa
Além de criminosos virtuais, é preciso ter cuidado com aqueles que também agem nas ruas. Há casos de pessoas que têm o celular roubado, e o ladrão troca mensagens com os contatos da vítima fingindo ser ela. O objetivo, claro, é contar uma história fantasiosa para aplicar um golpe. Fique esperto e não passe dados pessoais. Se marcar um encontro, não deixe de confirmá-lo com uma ligação.
Se você é daqueles que não vive sem WhatsApp, é bom ficar ligado nas dicas acima e proteger seu celular. 

fonte:
http://seguranca.uol.com.br/antivirus/dicas/curiosidades/6-cuidados-que-voce-deve-ter-ao-usar-o-whatsapp.html#rmcl

Nenhum comentário:

Postar um comentário