sexta-feira, 3 de outubro de 2014

10 Dicas para um relacionamento duradouro !


1 – Comunicação é tudo.

Casais que conversam mais, tendem a ser mais felizes juntos! Se a outra pessoa tem uma mania chata ou disse algo que não te agradou, é melhor falar logo sobre o assunto, fale numa boa, enquanto é tempo. E se você prefere tirar conclusões precipitadas sobre alguma coisa que aconteceu, em vez de conversar e entender, é hora de mudar essa postura. Nada de ficar fazendo suposições. Se você possui dúvidas, converse sobre elas!

“Muitos casais não sabem conversar sobre as coisas que incomodam na relação”, explica a terapeuta de casais Margareth dos Reis.

2 – Não tente mudar o outro.

Não se apegue à ideia de que vocês ficarão parecidos com o tempo ou que aqueles defeitinhos chatos serão corrigidos por você. Ame-os ou deixe-os. Provavelmente vocês discordam em algumas coisas, mas apesar dessas incompatibilidades, é um grande erro tentar mudar o pensamento alheio: as diferenças devem ser respeitadas! Cada um deve manter a sua personalidade pessoal, então tente aceitar o outro como ele é.

“Quando uma das partes se anula e abre mão de toda sua vida em nome do outro, não é saudável. O interessante em um relacionamento é quando um acrescenta coisas positivas na vida do outro”, comenta Roselake Leiros, palestrante especializada em desenvolvimento humano.

3 – Lembre-se dos bons momentos.

Não se trata de viver preso ao passado quando o relacionamento já afundou (ou está caminhando para isso). Mas, no meio de uma crise, vale lembrar de tudo que funciona bem entre vocês. Por exemplo, do quanto os dois se divertem juntos, dos filmes que gostam, das conversas e ideias que só o casal entende.

4 – Mantenham vidas separadas, mesmo estando juntos.

Ele te chama para uma festa com os amigos, mas você quer ficar em casa? Deixe que ele se divirta sem você e faça o mesmo, nem que seja vendo algum filme sozinha, com uma panela de brigadeiro. Se vocês passam o tempo todo grudados, quando ele vai notar a falta que sua companhia faz? O mesmo vale para os homens: deixe sua mulher sair sozinha. O ponto fundamental da questão é saber equilibrar os momentos para a vida social de cada um, sem deixar as diversões a dois de lado. É importante manter a individualidade. Ele sai com seus amigos, você sai com os seus e vocês não precisam viver todos os instantes juntos. A relação vai continuar, mesmo se neste fim de semana ela/ele não vai estar com você. Tal medida também é bacana para diminuir o vazio, caso a relação acabe, pois você possui uma vida fora da relação. Focar no relacionamento 24 horas por dia, ter perfil no Facebook em conjunto, pode parecer lindo no início, mas vai cansar um pouco quando a relação se tornar mais longa. Vocês vão começar a sentir que não há uma vida fora do relacionamento.


5 – Respeite o espaço do outro e dê um voto de confiança.

Esse é um país livre. Então, se o seu parceiro está com você, é porque ele quer isso. Deixe de bobagem e não fique imaginando mil e uma maneiras de ser traído(a) e enganado(a). É bom saber que o par se preocupa e gosta de cuidar da pessoa que ama, mas acessos de ciúme gratuito só desgastam a relação.

Tente não pensar no que ele/ela poderia estar fazendo e ligar a todo instante. Se ele/ela disse que vai estar com os amigos, o melhor a se fazer é acreditar. Se você estiver errado(a), ainda está certo por respeitar o outro, mas se estiver certo(a) sobre seus pensamentos de ciúmes, vai apenas se magoar.

O melhor que se tem a fazer é deixar que o destino mostre seu caminho. Fuçar redes sociais, celulares e aparecer de surpresa em festas, vai apenas mostrar que você não possui respeito algum pelo relacionamento a dois.

Para a consultora Roselake Leiros, “os excessos podem ser fatais. Não é legal viver com desconfianças e acusações. Equilibre o ciúme e torne-o um aliado, um bom tempero”.

6 – Opostos nem sempre se atraem.

Não caia nessa de que alguém muito diferente de você vai te completar. Às vezes, esse alguém só vai te enlouquecer, por justamente não ter nada a ver com você. Assuma isso e parta para o próximo da fila.

7 – Veja futuro na relação.

Além dos planos pessoais de cada um, ter objetivos juntos é um bom estímulo para o casal. Pode ser uma viagem, a compra de um imóvel, a realização de algum investimento… Planejar algo deixará vocês ainda mais ligados. Quando não há perspectiva, a primeira pergunta que surge quando acontece uma briga é: “o que eu estou fazendo aqui?”. Viva o presente, mas saiba a resposta desta pergunta, ou ela vai se tornar cada vez mais incômoda.

8 – Saia da rotina.

Se vocês vão todos os sábados ao cinema, no próximo proponha uma partida de tênis! Isso vale também para o sexo: não importa quantas vezes vocês se relacionam sexualmente — isso é algo que deve ser de acordo entre o casal. No entanto, o que deve haver é uma vida sexual saudável, que satisfaça tanto a você quanto ao seu parceiro. Experimente novas sensações, posições, etc.

“Traga novidades e crie novos projetos, porque a previsibilidade acaba com a graça das coisas”, ensina Margareth dos Reis.


9 – É importante elogiar e ser elogiado.

Fale ao seu parceiro como ele ficou bonito com a camiseta nova. E você homem, fale para sua parceira como ela ficou linda com o novo corte de cabelo. Elogios fazem toda a diferença!

10 – Não encare a relação como competição.

Se seu parceiro ou parceira deu uma mancada hoje, não pague na mesma moeda amanhã. Converse e explique o erro. Se vingar de cada bobagem é, no mínimo, desgastante. E você provavelmente também faz as suas besteiras de vez em quando.



fonte: http://www.softlove.com.br/home/12-dicas-para-ter-um-relacionamento-duradouro/#.VDwYAfkSam4

Nenhum comentário:

Postar um comentário