quinta-feira, 3 de julho de 2014

Confira os 5 maiores erros que os casais cometem no relacionamento !


Você sabe o que está fazendo de errado no namoro? Especialista te ajuda a descobrir e a resolver!

 

Segundo a especialista em relacionamentos Carla Cecarello, que é psicóloga e sexóloga, os principais erros que homens e mulheres cometem nos relacionamentos são:

Mesmice. O casal não faz mais nada de novo: o relacionamento entrou em uma enorme rotina, nunca há novidade e os dois parecem não ter mais tempo para fazer programas a dois, como ir ao cinema, jantar fora, viajar, passear, namorar ou simplesmente conversar ao final do dia.

Cama fria. Os dois já perderam completamente o interesse sexual. Se ainda resta uma faísca, ela não dá para muita coisa, pois o casal só se dispõe a fazer sexo aos finais de semana, quando não tem de se preocupar em acordar cedo no dia seguinte, e a transa é completamente previsível: os dois sabem como começa, a ordem exata dos movimentos e como vai terminar.

Falta de diálogo. Segundo Carla, é o principal destruidor de relacionamentos. O casal já não expressa o que sente, o que gosta ou não na relação, o que gosta ou não na cama, o que deveria mudar, motivos pelos quais está chateado, problemas no trabalho, razões que levaram à falta de apetite sexual, etc. Além de deixar o parceiro totalmente no escuro, sem saber o que há de errado, a não verbalização de problemas deixa assuntos pendentes, o que pode gerar mágoas e ressentimentos e, aos poucos, minar a relação.

Ciúme. Além da falta de confiança, que por si só pode acabar com o relacionamento, aquele que é vítima do ciúme excessivo acaba sentindo-se mal por pensar que nada do que faz está bom, mesmo fazendo tudo certo. O casal passa a viver em um ambiente tenso que gera constantes brigas e desgaste na relação.

Fatores externos. Desemprego, dificuldades financeiras, discrepância social muito grande entre o casal e diferentes valores no momento de criar os filhos também podem gerar conflitos se não tateados da forma correta.

Para Carla, a base para resolver todas essas questões é o diálogo. Segundo a especialista, o casal que não conversa entre si e não se esforça para propor novidades ao relacionamento inevitavelmente acaba perdendo o interesse sexual.

O acompanhamento psicológico é interessante para modificar o comportamento do casal e também eliminar certas crenças que, graças à falta de conversa, acabam atrapalhando a relação. “Algumas mulheres acreditam que seus parceiros não as amam mais porque se tornaram feias depois de envelhecer, ou porque seus corpos já não são mais os mesmos, o que é um mito. O parceiro, de fato, perdeu o interesse, mas por outros motivos”, defende.

Ainda de acordo com ela, é aconselhável que, no início do tratamento, o casal estabeleça um dia na semana para sair e conversar e, assim, retomar o hábito do diálogo. “Mas isso é só para pegar no breu. Depois, tem de ser uma conversa espontânea”, afirma.

fonte:  https://www.blogger.com/blogger.g?blogID=4272174653110982436#editor/target=post;postID=2153954172995770508

Um comentário:

  1. Também acredito que seja assim, mas a mulher tem que saber chegar no homem pra um diálogo tipo discutir relação,eles ñ gosta muito mas com jeitinho levamos eles onde queremos,tipo assumindo nossos erros e entendendo eles sem cobranças.

    ResponderExcluir