terça-feira, 1 de outubro de 2013

Apenas uma noite - estimule o interesse dele para que o dia seguinte não seja ruim


Depois de conhecer um carinha superbacana e acabar se entregando à tentação, mil coisas passam pela cabeça da mulher. O dia seguinte à transa costuma ser um turbilhão de pensamentos e, principalmente, expectativas. Será que ele gostou? Será que vai ligar e combinar o próximo encontro? Enquanto isso, do outro lado, nem metade desses questionamentos passam pela cabeça dele. O dia demora a passar e a tendência é que, ao menor sinal dele, a tristeza tome conta. É, meninas, a situação é muito comum, mas saibam: pode ser evitada!
Se tomou todos os cuidados com o corpo, não há nada de errado em ter rolado. O problema é que as mulheres e os homens encaram o sexo casual de maneira bem diferente. “A mulher espera encontrar a pessoa para ficar ao seu lado, e depois de um momento de intimidade tão grande, cria expectativas de continuar se encontrando com o homem. Por outro lado, ele deixa de ter estímulo para correr atrás dela, já que a menina não deixou espaço para que ele se interessasse”, analisa o sexólogo e terapeuta sexual Amaury Mendes Júnior.
O espaço para que o homem se interesse, segundo o especialista, deve ser criado quando a mulher dificulta um pouco a relação, mas de forma inteligente. Fazer jogo duro e provocar, mas recuar, não é um bom método. O ideal é ter malícia, mostrar quem é realmente, falar sobre propostas de vida e, com isso, se fazer atraente para que ele queira conhecer mais a fundo aquela mulher.
“Se acontece o sexo sem muita intimidade entre as duas pessoas, é inevitável que a menina fique com o sentimento de que foi apenas mais uma na vida do cara. E essa será uma verdade, fazendo com que dificilmente aconteçam novos encontros”, diz. Por isso, muitas vezes bate aquela depressão depois de se revelar totalmente para ele.
A melhor maneira de não se desesperar depois do sexo é fazer com que todo seu repertório não se esgote em uma noite. Deixe que ele tenha mais para descobrir sobre você, para que volte a te procurar. Mendes Júnior ainda dá um conselho: segure a ansiedade e, se ele não ligar, não ligue para ele. “Por mais que hoje as meninas estejam muito mais igualadas aos homens, a mulher precisa se valorizar e esperar para saber a real intenção dele. Toda relação é uma troca, não se faz sem interesse dos dois lados. Espere para ver se tem retribuição e aí sim é possível dar o próximo passo”, garante.

Bolsa de Mulher

Nenhum comentário:

Postar um comentário