segunda-feira, 29 de abril de 2013

Invista na sua relação




Quer investir na relação e de quebra deixar seu parceiro morrendo de desejos por você? Com dicas simples e criativas, você consegue apimentar um pouco o dia-a-dia, deixando a relação ainda mais gostosa. Veja as dicas!
  1. Quando estiverem  em casa, enquanto ele estiver na sala vendo tevê, vá para o quarto e ligue pra ele no celular   convidando-o  para a cama.
  2. Se você gosta é daquelas que gosta de uma performance mais atlética vale incluir a dança eles costumam adorar.
  3. Nada de preconceitos uma passadinha no Sex Shop  pode esquentar a brincadeira desde que haja consenso entre os dois. Massagem também é indicada, só não vale deixá-lo dormir.
  4. Mande flores pra ele no trabalho, além das flores mande uma caixinha com 2 taças e uma calcinha minúscula, com muita renda.

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Conhecendo os produtos eróticos: COSMÉTICOS




A linha de cosméticos eróticos se difere da linha tradicional devido a maioria deles ser usado nas partes genitais, desta forma seu ph deve ser bem equilibrado , nós da Erótika fazemos questão de trabalhar com todos os produtos certificados pela Anvisa para que nossos clientes tenham a certeza de estar usando bons produtos:

Géis adstringentes: Têm como finalidade contrair o canal vaginal, trazendo para o homem a sensação de uma vagina "apertadinha", por isso muitos o conhecem como gel ninfeta.

Géis retardantes: Todos sabem do mal que acomete 70% dos homens principalmente nas primeiras relações com sua nova parceira, a ejaculação precoce e natural e normal na maioria dos homens. Este gel tem como natureza diminuir a sensibilidade na glande masculina proporcionando maior tempo para a penetração. O mesmo deve ser passado no pênis e depois acobertá-lo com o preservativo, ao contrário ele diminuirá também a sensibilidade feminina.

Gel umectante ou anestésico: Muito já se discutiu sobre sexo anal e chegaram ao entendimento que entre quatro paredes vale tudo, desde que com carinho e sem dor, algumas mulheres a fim de saciar o desejo de seus parceiros, sofrem dores e desconfortos que poderiam ser evitados ou amenizados com os géis anais que foram desenvolvidos para este propósito.

Géis excitantes: Como o próprio nome diz, eles têm como finalidade excitar, ele estimula a sensibilidade e gera calor na penetração, com certeza você vai às alturas.

Gel do beijo ou labial: Às vezes muitos casais perdem o encanto do beijo ao longo do relacionamento, este produto é disposto a criar novas sensações com aroma e sabor, beije. Beije muito!

Géis térmicos: Esquenta-esfria , esquenta , aquece, gela, pega fogo etc., várias são as sensações que estes géis podem te proporcionar quem nunca brincou com um halls no relacionamento, este é o principio destes géis, criarem "sensações".



Bolinhas Explosivas ou bolinhas do prazer: Não diria que é uma novidade, pois ela existe já há algum tempo, mas com certeza é a sensação do momento em produtos eróticos e o cliente que a experimenta com certeza repete a dose. Inserida na vagina minutos antes da relação sua proteção se assemelha as cápsulas de comprimidos, vai dissolvendo com a mucosa da vagina, e na penetração esta rompe-se envolvendo a vagina com um óleo aromatizado, além do efeito "aroma" o óleo que em sua composição é diferente da lubrificação da mulher, faz com que se gere mais atrito durante a penetração proporcionando maior sensibilidade do membro, tanto para o homem quanto para a mulher, como se não bastasse, além disso, ele gera calor, o que deixa a transa melhor ainda!

Gel refrescante ou comestível: Outra vedete do ramo erótico , seu conceito nasceu da necessidade de se criar um cosmético específico para a pratica do sexo oral, que está presente em todas preliminares de uma boa transa, daí a razão de ser "comestível", com vários sabores disponíveis pode se variar o sabor dia a dia , sempre como uma novidade ao casal , pode ser usado tanto na região genital da mulher quanto do homem , deve-se lembrar que além de tudo este produto também têm ação lubrificante.

Perfumes afrodisíacos: Os bons perfumes eróticos têm em sua composição feromônios ou feromonas que são substâncias químicas dos seres da mesma espécie que são capazes de suscitar reações específicas do tipo sexual, despertando o parceiro.

Linha de massagem: Uma boa massagem, talvez esse seja o início correto de toda relação, a Erótika Toys disponibiliza em sua linha várias fragrâncias de óleos de massagem cada um com uma finalidade, lembrando que aromas como: Ylang Ylang e Kama sutra , são altamente afrodisíacos . Relaxe!

Private Center

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Gel que deixa mulher “virgem de novo” é seguro?



Homens costumam ter certa fixação por mulheres virgens. Isso porque o canal vaginal apertado é capaz de proporcionar maior prazer a eles durante a penetração. Para a mulher, também é possível ter uma relação mais prazerosa nessas circunstâncias. Por isso, um dos produtos mais procurados no mercado erótico é o adstringente vaginal, ou redutor vaginal. Comercializado com nomes sugestivos, como “Sempre Virgem”, o gel tem a proposta de estreitar e enrijecer o canal vaginal, dando a sensação de que a mulher é virgem novamente.

Conversamos com a Dra. Karina Zulli, ginecologista e obstetra do Hospital e Maternidade Rede D’Or São Luiz, para saber se existem riscos na utilização do produto. Segundo ela, os produtos adstringentes são capazes de remover a lubrificação vaginal. “Eles provocam o ressecamento da vagina, o que, durante a penetração, dá a sensação de um canal mais justo, fazendo essa simulação da vagina virgem”, explica.


O cuidado que se deve ter é na hora da penetração, que deve ser feita de forma gentil, como se, de fato, fosse a primeira transa da mulher. “A penetração abrupta dentro da vagina ressecada pode machucar. A proposta é que haja a satisfação do casal, e não unilateral. Por isso, para que seja prazeroso para a mulher, o homem tem de ter maior cautela e carinho”, diz.

Segundo a ginecologista, o produto não oferece riscos à saúde da mulher ou do homem, já que seu uso é tópico e o efeito, momentâneo. No entanto, não deve ser usados por mulheres com dificuldades de lubrificação na região.

Por: Marianna Feiteiro - Bolsa de Mulher 

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Panicat Thaís Bianca é capa da Playboy de Abril



Thaís Bianca é capa da edição de Abril da Playboy Brasil. A publicação masculina volta a apostar numapanicat (assistente de palco do programa televisivo Pânico na Band) para protagonista, depois de no mês passado ter tido Carol Narizinho na capa.
A modelo de 23 anos, conhecida pelo cabelo cor-de-rosa, surge (quase) completamente nua na capa, mas aPlayboy Brasil deixa implícito um segredo: «Garantimos um detalhe no ensaio de Thaís Bianca, capa de Abril: Não são apenas os cabelos de cima que estão pintados de rosa».



quarta-feira, 17 de abril de 2013

Dez costumes que homens e mulheres detestam na hora H




Eles odeiam quando:

1. “... Ela chama meu pênis por nomes infantis ou finge brincar com ele. Está na cara que aquilo tudo é falso e ela acha que eu estou gostando”
“Essa atitude feminina é, no mínimo, ridícula. Nenhum homem gosta que fiquem brincando com seu membro, ainda mais com palavras em diminutivo, que é o que tendemos a fazer quando temos uma conduta infantil. Eu sempre digo: nunca faça isso. E, se a parceira fizer, já  corte o mal pela raiz logo na primeira vez”Desde o início do relacionamento, qualquer comportamento que você não aprove deve ser comentado, para evitar no futuro uma saia justa maior.

2. “... Logo depois de uma transa gostosa, ela quer discutir a relação. 
“Eu concordo em gênero, número e grau  e muitas mulheres têm mania de fazer isso e, depois, não sabem o que fizeram para perder os seus homens. Quem discute muito a relação deve pensar em separação, no meu ponto de vista. Quer ser feliz no namoro ou no casamento? Então fale o que pensa e diga para o outro fazer o mesmo, sem análises, sem aprofundamento e somente com um objetivo comum: a cumplicidade”


3. “... Quando ela está distante ou não se entrega. Sinto isso quando ela começa, no meio da transa, a fazer comentários desnecessários do tipo ‘estou gorda’. A mulher não acredita que, enquanto estamos transando, não pensamos em celulite ou estrias...”
“A baixa autoestima feminina se revela mais forte no momento da relação em que ela se expõe por inteiro ao companheiro. Então, ao invés de sentir-se à vontade, a mulher se foca nas preocupações estéticas, por exemplo, e se esquece das sensações prazerosas. Nessas horas, percebemos a baixa do desejo sexual e a dificuldade de se excitar ou atingir o orgasmo. A dica que dou para eliminar essa neura é elogiar bastante a parceira, para que ela acredite que é uma mulher desejável e sinta-se como tal”.


4. “... Ela acha que as preliminares devem durar uma eternidade. Tudo bem que aquecer antes de entrar em campo faz parte, mas chega uma hora em que existe um descompasso de ritmos. Isso deixa qualquer um irritado”.
“É primordial que aconteça entrosamento e isso vem com a intimidade, assim um pode dizer ou demonstrar ao outro o que gosta ou não. Fora isso, ainda existe o descompasso natural entre os sexos: um homem demora segundos para ficar excitado, já a mulher pode demorar até vinte minutos. Assim, cabe aos dois encararem as diferenças e isso resolverem juntos”


5. “... Ela traz para a cama os problemas do dia ou que tivemos. O momento do sexo deve ser para que os dois se entreguem e não um motivo para provocações ou vinganças. Tudo deve ser resolvido antes de chegarmos ao quarto”
“A cama não é o lugar adequado para resolução dos problemas do casal, sejam eles domésticos, financeiros ou familiares. O homem não está apto a ouvir a mulher nesse momento. Se ele está com desejo, está focado para a relação em si e, após o ato sexual, libera endorfinas que dão a ele o desejo de dormir. Portanto, é o que sugiro, inclusive, em consultas: o ideal é que qualquer desavença ou desencontro seja resolvido em outro momento e, de preferência, bem longe da cama”.




Elas odeiam quando:

1. “... Me produzo toda, com lingerie, maquiagem e salto alto e ele, todo apressado, quer ir para o finalmente, sem nem falar sobre como estou bonita”


Os homens sabem e percebem o empenho da mulher em se mostrar vaidosa, mas que não comentam sobre isso. Daí não adianta! A mulher quer ser elogiada e cortejada. A lingerie e toda sensualidade que a produção para uma noite de amor exige deve ser verbalizada, sim”.

2. “... Ele vira para o lado e dorme depois que fazemos amor. O pior é quando pega o controle remoto da TV e liga no programa de esportes, como se tivesse acabado de tomar um refrigerante”.
“É natural o homem ter esse tipo de reação, porque ele entra em uma fase chamada de ‘refratária’, que corresponde ao tempo que ele vai demorar para excitar-se de novo. Além disso, tudo que foi intenso na hora do orgasmo, agora é relaxamento: ele precisa dormir, descansar. Eu sempre digo : não sejam neuróticas de plantão, deixem seu homem descansar, ele precisa”.


3. “... Ele força a barra para fazer sexo anal. Ele sabe que tenho dor e parece não se preocupar com isso”
“O segredo para isso é o diálogo. A cumplicidade entre os parceiros é importante e existe todo um ritual para que o sexo anal seja bom para ambos. Existem dois tipos de mulher: as que têm medo e nunca fizeram sexo anal e as que fazem e, inclusive, sentem prazer com isso. Prepare o ambiente, use pomadas ou cremes lubrificantes com anestésico para diminuir a dor, relaxe e se descubra dos pudores! O sexo, muitas vezes, está na cabeça; se você se despir de preconceitos, estiver relaxada e com quem ama, com certeza, atingirá o prazer”.

4. "... Ele força a minha cabeça para baixo enquanto estamos nos beijando, para mostrar que quer que eu faça sexo oral nele".
“Ouço direto esse tipo de reclamação  e, na minha opinião, o homem que faz isso precisa aprender a se comunicar. Ninguém deve ser adivinha ou mau educado, já que os bons modos são apreciados na cama também. As mulheres também têm de largar o excesso de sensibilidade e ensinar aos homens que não apreciam a atitude, ao invés de se ofenderem tanto”.

5. "... Ele deixa claro que não se importa com o meu prazer. Ele tenta, sem grandes esforços, me satisfazer mas, no fundo, preocupa-se somente com o dele"
“É comum a mulher interpretar uma situação deste jeito; porém, não é essa a realidade na maioria dos casos. Geralmente, os homens são extremamente preocupados com um desempenho que seja suficiente para as parceiras ficarem felizes. O orgasmo dela pressiona a um ponto que aparecem disfunções, como ejaculação precoce ou disfunção erétil. Quando isso acontece, eles tentam disfarçar, não comentando nada e, assim, dando a impressão de egoísmo. Homens são seres ultragenitalizados e acham bom tudo que for referente a carícias diretas, mas o ideal é que conversem e se entendam. Afinal, o relacionamento se alimenta de flexibilidade, para que os dois se satisfaçam”
Andreia Fargnoli

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Como ter uma vida sexual ativa e saudável através da alimentação



O sexo, como toda e qualquer atividade física do nosso corpo, consome energia e exige bastante do dos músculos, sistema respiratório e cardiovascular. Afim de garantir uma vida sexual e ativa, é necessário cuidar da alimentação. Dependendo da “empolgação” o homem chega a perder 400 calorias numa relação sexual.
Alguns alimentos além de repor energia, podem aumentar o desejo e também a ereção, no caso do homem.
O chocolate, por exemplo, ajuda na liberação da endorfina (hormônio responsável pela sensação de bem-estar).
Veja alguns alimentos e entre já na dieta do sexo, saiba em que eles podem ajudar na hora de um dos seus “esportes” favoritos.



Faça e procure consumir sempre
5 refeiçôes ao dia:
Alimente-se bem, o jejum associado ao esforço físico pode levar à hipotensão (pressão baixa) e à hipoglicemia (baixa de de açucar no sangue).
Laticínios, carne e chocolate:
Possuem óxido nítrico, uma substância que  dilata os vasos sangüineos e ajuda na ereção.
Amendoim, catuaba, tomate e hortelã:
Esses vão fazer com que seu prazer aumente, pois contém feniletilamina, substância responsável pela sensação de prazer. O amendoim além disso, também vai ajudar a repor as energias, pois é altamente calórico, contém também vitamina B3, outro vaso dilatador.
Canela, cravo, noz-moscada, pimenta, mostarda, alecrim, gengibre, ginseng:
Servem para estimular o apetite e os sentidos. Ótimos para criar um clima. Gengibre e ginseng servem para aumentar a disposição.
Ostra:
Possui zinco, substãncia que ajuda a aumentar a proçucão de testosterona, o hormônio sexual masculino.

Consuma com moderação:
Bebidas alcoólicas:
Em pequenas quantidades melhora a libido. Mas nada de entortar o caneco.

Evite ao máximo:
Gordura saturada:
Doces, frituras e carnes gordas favorecem a formação de placas de gordura, que prejudicam a circulação.
Comer demais:
Nada de se empanturrar, se você fizer isso, vai acabar concentrando a irrigação sangüineo para a digestão, de modo que vai atrapalhar na hora do sexo.
Repolho, brócolis, couve-flor, feijão:
São fermentativos e acabam causando gases, evite ao máximo para não causar constrangimento na hora H.
Curiosidade: muitos já ouviram que ovo de codorna melhora o desempenho sexual. Isso é MITO, não favorece em nada na hora do vamos ver.

Tutomania

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Preliminares quentes ajudam a deixar a relação mais prazerosa



Nada como preliminares caprichadas para esquentar a transa e deixar o casal a ponto de bala. Elas, que são o momento mais divertido da relação, envolvem brincadeiras, risadas, provocações e toques e são importantíssimas para garantir ainda mais prazer ao sexo.
Segundo a sexóloga Carla Cecarello, a preliminar beneficia tanto o homem quanto a mulher. “No caso do homem, ela baixa a ansiedade, permite que ele ‘dê um tempo’ e se controle melhor, percebendo mais facilmente suas sensações e evitando a ejaculação precoce. Já para a mulher, a preliminar permite que ela tenha tempo de se entregar, de se excitar e ficar bastante lubrificada, facilitando a penetração do pênis”, explica.
duração das preliminares varia de acordo com o casal, mas, segundo Carla, é a mulher quem será o termômetro para definir quando é hora de parar de brincar e partir para os “finalmentes”. “Na grande maioria das vezes, a mulher demora mais para se excitar. Ele precisa perceber se ela está envolvida”, aconselha.
Neste momento, a imaginação pode rolar solta: brinquedos, cremes, vendas, acessórios, brincadeiras, massagens, enfim, tudo o que trouxer maior excitação e entusiasmo para o casal é bem vindo. “Eles podem colocar uma música com suingue que remeta ao sexo sensual. Mas, se quiserem usar brinquedinhos como o vibrador, é bom conversarem antes para que não haja nenhum conflito”, alerta a sexóloga.


Dicas para elas
Para enlouquecer seu parceiro durante as preliminares, a sexóloga dá algumas orientações. “Acaricie diretamente o pênis e o saco escrotal. Eles também gostam de carinho na parte interna da coxa, virilha e costas, e alguns se excitam com estímulos no peito e mamilos”, diz.
Durante o sexo oral, não se esqueça de, simultaneamente, acariciar o saco escrotal. As mãos devem sempre estar presentes, ajudando nos movimentos e trazendo maior sensualidade. Outra manobra profundamente estimulante para eles é passar a língua em torno da glande (cabeça do pênis).
Já na hora da masturbação com as mãos, a dica é segurar o pênis com firmeza, e não com o punho “frouxo”. “Não é força, é ter um toque vigoroso”, descreve Carla. “E, do mesmo jeito que começou, termine”, aconselha.

Dica para eles
As mulheres são um pouco mais complicadas de agradar, e muito do prazer depende delas mesmas e do modo como se entregam à relação. Mas Carla ensina o caminho das pedras: “Elas gostam mais de carícias na altura do pescoço, na orelha, algumas nos seios e outras na parte interna das coxas, mas nunca de um toque direto na vagina. Para a mulher, não existe nada mais broxante do que o homem iniciar a preliminar introduzindo o dedo lá. Ela gosta de esperar um pouco para que isso aconteça”, ensina a sexóloga.
“O homem tem que ter uma boa pegada e estimular a sacanagem para que a mulher se sinta usada naquele momento: elas gostam disso”, garante. “Ao mesmo tempo, tem de ser paciente, romântico e delicado. Ele pode fazer uma massagem, elogiar e fazer carícias, o que ajuda consideravelmente a mulher a ter mais prazer”, completa. A partir do momento em que ela está bem excitada, ele pode acariciar o clitóris com as mãos ou língua, se perceber que ela está disposta ao sexo oral. Em outras palavras, o homem tem de estar atento o tempo todo para perceber se a mulher está envolvida e excitada e até que ponto pode ir com ela na cama.
Bolsa de Mulher

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Vegetarianos têm mais disposição para atividades sexuais




Depois de responderem uma série de perguntas e enfrentarem frequentes piadas, um novo estudo mostra que é a vez dos vegetarianos rirem por último quando se trata da relação entre a alimentação e a vida sexual.
Uma pesquisa, publicada no periódico Hormones and Behaviour e divulgada no jornal britânico The Daily Mail, mostrou que o consumo de tofu e outros alimentos à base de vegetais podem promover uma vida sexual mais satisfatória para os adeptos do que entre aqueles que consomem carne.
Este é o primeiro estudo que trata dos efeitos de certos alimentos nos níveis hormonais e no aumento da atividade sexual. O principal resultado da pesquisa mostrou que os fitoestrogênios – também conhecidos como os hormônios do sexo – encontrados nos vegetais tinham grande influência no comportamento de primatas selvagens.
Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores investigaram um grupo de macacos de Uganda, já que os humanos teriam um comportamento muito semelhante ao dos primatas. Durante 11 meses, Michael Wasserman, estudante do Departamento de Ciência Ambiental, Política e Gerenciamento da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, e sua equipe acompanharam a rotina dos animais e sondaram seus comportamentos.
Os pesquisadores tinham como foco as agressões, que eram medidas pelo número de brigas, e a frequência com que os macacos passavam fazendo a corte e se reproduzindo. Para ter acesso aos níveis hormonais dos primatas, foram coletadas amostras de suas fezes.
Ao cruzar os dados, os cientistas descobriram que os macacos que se alimentavam de Milletia dura, uma planta tropical rica em compostos semelhantes ao estrogênio e relacionada à soja, tinham maiores níveis de estradiol – o hormônio do sexo – e cortisol – o hormônio do stress. As alterações nessas duas substâncias influenciavam no tempo que os animais passavam fazendo a corte ou se reproduzindo.

Toda Ela

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Compare a eficácia dos anticoncepcionais hormonais




Hoje há uma série de métodos contraceptivos hormonais que se adequam à rotina e ao corpo de cada mulher. A lista é grande – comprimido, anel, adesivo, implante – mas qual é o mais eficaz? Quais são os benefícios e os incômodos de cada um? Veja a comparação dos principais anticoncepcionais hormonais e lembre-se: antes de iniciar o uso, consulte o seu ginecologista para descobrir se é o método mais indicado para você. Mas lembre-se nenhum destes métodos previne a AIDS, vírus HIV, ou qualquer outro tipo de doença sexualmente transmissível.

Pílulas combinadas

Com 99,9% de eficácia, elas são indicadas para mulheres que conseguem ter disciplina para tomar o comprimido todo dia no mesmo horário. A dosagem e o tipo de ciclo – 21 dias ou 28 dias – variam de acordo com a prescrição médica, mas em qualquer caso a ingestão é oral diária. Os hormônios estrogênio e progestagênio ajudam regular a menstruação. As pílulas combinadas não são indicadas para mulheres com contra-indicações ao uso do estrogênio e que apresentarem intolerância gástrica.

Pílulas só com progestagênio

Comprimido diário que também deve ser tomado todos os dias no mesmo horário e não contempla intervalo entre as cartelas. Há a pílula de média dose (contendo desogestrel), que tem ação semelhante à pílula combinada porque age inibindo a ovulação. Já a de baixa dose (minipílula) é indicada apenas para o período de amamentação, em virtude da sua baixa eficácia em outros casos. A média dose tem eficácia de 99,7%, evita os efeitos colaterais produzidos pelos estrogênios, como náuseas e dores de cabeça, mas pode causar irregularidade menstrual. A pílula de baixa dose apresenta os mesmos benefícios e inconveniente, mas tem sua eficácia reduzida fora do período de amamentação. O método só com progestagênio é indicado para mulheres que não desejam ou não pode usar o estrogênio, entre elas: que amamentam, fumam e têm mais de 35 anos ou com fatores múltiplos que aumentam o risco para a doença cardiovascular

Anel vaginal

Com 99,7% de eficácia, o anel vaginal é um método mensal no qual a própria mulher coloca e retira o anel de silicone transparente e flexível, que age liberando hormônios continuamente. Tem duração de três semanas e uma semana de intervalo. O método, além de ser fácil de usar, tem baixas doses hormonais, costuma regular a menstruação e não requer tanta disciplina já que só precisa ser trocado uma vez por mês. O único incômodo para algumas mulheres é ter que se tocar para a inserção e remoção do anel.



Adesivo transdérmico

Colocado sobre a pele das costas, braço ou nádegas a cada sete dias, durante três semanas consecutivas com uma de intervalo, o adesivo transdérmico é um método com 99,7% de eficácia. O adesivo – que precisa estar bem colado – age liberando hormônios (estrogênio e progesterona) continuamente. Os inconvenientes desse método são o fato do adesivo ficar aparente e poder descolar a qualquer momento, além de possíveis irritações na área onde foi aplicado. Não pode ser usado em mulheres acima dos 90 kg.

DIU
Para as mulheres que querem um anticoncepcional hormonal de longa duração, o DIU é uma boa opção. Com 99,4% de eficácia, dispositivo de cobre com ou sem hormônio é introduzido no útero pelo ginecologista. A duração pode variar de 5 a 10 anos, dependendo do modelo.

Injetável

Em duas versões – mensal ou trimestral – o método necessita de um profissional da saúde para a aplicação. A injeção libera estrogênio e progestagênio (mensal) ou só progestagênio (trimestral) gradualmente, impedindo a ovulação. É aplicado no músculo, normalmente nádegas ou braço, e tem eficácia de mais de 99% para a versão mensal e 99,8% para a trimestral.

Bolsa de Mulher

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Corpão! Nicole Bahls posa para sua grife com roupa coladinha




A ex-panicat lançou recentemente uma linha de roupas moda fitness chamada Clarabella e tornou-se garota propaganda da marca. A ex-panicat fotografou para o catálogo nesta quarta-feira (26), em Salvador, com roupas coladinhas que ressaltaram seu corpão.
Nicole, que já participou do reality show "A Fazenda", da Record, pode retornar ao "Pânico" depois de dois anos. Em recente entrevista à Marília Gabriela, a morena manifestou-se seu desejo e voltar a trabalhar no programa como panicat.