quarta-feira, 25 de julho de 2012

Pompoarismo: a poderosa ginástica do prazer



Conheça os exercícios e acessórios do pompoarismo, técnica que irá apimentar sua vida sexual, transformando-a numa deusa na cama


Se você nunca ouviu falar em pompoarismo, está na hora de conhecer o assunto. Isso porque a técnica, criada na Índia e aperfeiçoada na Tailândia, pode fazer milagres por seu corpo. Baseada no controle da contração e do relaxamento dos músculos vaginais, tem benefícios físicos, pois protege da flacidez vaginal, causada pelo envelhecimento ou gestações, e previne doenças como incontinência urinária e cólicas.

Além disso, há vantagens beeem interessantes: os movimentos do pompoar transformam a vida sexual do casal! Veja o passo a passo para você se tornar uma expert erótica!
O passo a passo do pompoarismo
''Em 15 dias, é possível perceber resultados e, em oito meses, dominar a técnica'', afirma a professora Regina Racco. Vale reforçar que o desenvolvimento varia de mulher para mulher e de acordo com o treino.

1. Autoconhecimento

Primeiro, você deve conhecer o próprio corpo. Para isso, explore a região genital usando um espelhinho. Comece massageando a vagina com movimentos suaves e amplos. Não há um roteiro específico a seguir: o objetivo é que você se sinta à vontade e tenha total domínio sobre a região. Quando se sentir bem, passe a contrair e a relaxar a vagina, observando os movimentos no espelho.

2. Músculo no alvo

Está com dificuldade para perceber como deve concentrar a força para contrair a vagina? Um exercício fácil pode ajudá-la: ao fazer xixi, interrompa o jato e conte até dez. Descobriu qual é o músculo a ser trabalhado? Então, agora que já sabe, não repita mais o exercício para não afetar o bom funcionamento da bexiga.

3. Contrações

Elas são essenciais para você conseguir fazer o pompoarismo durante o sexo. Rápida e simples: fique de pé e comece as contrações: ''aperte'' fortemente o canal vaginal e, em seguida, relaxe. Repita 30 vezes. Ao final, inspire e expire profundamente. Esse processo aumenta a libido. Lenta e elevatória: a meta é comprimir todo o canal vaginal aos poucos, como se estivesse sugando algo para o interior do órgão. Pense num zíper sendo fechado: essa sucção deve acontecer da mesma maneira. Vá fechando o canal vaginal de baixo para cima. Depois, de cima para baixo. Prefira fazer isso em frente ao espelho para ver o movimento. Repita três vezes. Vale dizer que as experientes conseguem ''fechar'' o canal vaginal como se ele fosse dividido em três partes - e elas têm total controle sobre cada uma delas. É isso que você deve treinar nesse passo.
Os utensílios da técnica


Bolas tailandesas: leves indicadas para as novatas, fortalecem rapidamente a região vaginal. A força utilizada no exercício deve respeitar a sua capacidade de contração.
Colar tailandês: com cinco bolinhas, enfatiza a coordenação para os exercícios. ao introduzi-lo, o canal vaginal se contrai espontaneamente. use-o dez minutos por dia.
Bolas Ben-Wa: tem duas ou quatro bolinhas e facilita o movimento de sugar e expulsar o pênis. Recomendado para quem já treina há algum tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário