segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Pompoarismo - ginástica sexual



Saiba mais sobre pompoarismo e deixe a rotina fora da sua relação!


A palavra pompoarismo é originária do idioma Tâmil, falado no Sri Lanka e no sul da Índia, e significa comando mental sobre o músculo pubococcígeo, os músculos circunvaginais e os grandes lábios da vulva da mulher.

Pompoarismo é a prática do pompoar.

Ginástica sexual conhecida por grupos seletos de pessoas na Índia, Tailândia, Indonésia e outros países orientais.
A técnica foi desenvolvida há mais de 1.500 anos.


Confira os benefícios do Pompoarismo:

- Fortalece os músculos vaginais aumentando o prazer sexual do casal.
- Regula os hormônios, pois ativa a circulação da área pélvica.
- Conserva por mais tempo a libido das pessoas que praticam os exercícios regularmente.
- Ajuda no tratamento de frigidez.
- Auxilia e previne problema de incontinência urinária, queda do útero, bexiga, flacidez vaginal.
- Proporciona orgasmos mais intensos.
- Dá maior mobilidade aos quadris e a área pélvica.
- Melhora a performance da mulher na cama.
- Eleva a auto-estima, pois você se sente mais segura e poderosa.
- As praticantes do pompoarismo ficam sexualmente mais preparadas, melhorando sua intimidade.
- Mulheres que têm parceiros com ejaculação precoce podem utilizar o pompoarismo para amenizar e, junto com a terapia, superar o problema.

A técnica consiste numa série de exercícios que trabalham os três anéis musculares da vagina. O anel da entrada da vagina que possui musculatura mais forte, o anel do meio e o terceiro anel que é o mais interno e se localiza próximo ao colo do útero.
Os exercícios executam contrações e relaxamento dos músculos vaginais. A respiração é muito importante. 


Praticando todos os dias os exercícios da ginástica sexual do pompoarismo é possível desenvolver e controlar a musculatura vaginal. Alguns fatores são importantes para se obter bons resultados, dentre eles consultar periodicamente seu ginecologista, não fumar, não beber ou beber moderadamente, cuidar da alimentação, dormir bem, meditar e evitar stress.


Nenhum comentário:

Postar um comentário